Cavalo


www.RecadosOnline.com

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Plasticidade Neuronal/ Equoterapia Fundamentos Científicos

"Estudos mostram que, quando se permanece sobre o cavalo, ocorrem recrutamento neuronal ( ação de trabalhar dos neurônios ) e neuroplasticidade ( modificação do neurônio para se realizar o recrutamento neuronal ) e assim, é promovido um crescimento na capacidade dos neurônios motores, da proliferação dos axônios e dendritos e da sedimentação de mielina ao longo das fibras nervosas, Isso faz que as áreas corticais 4 e 6 responsáveis pelo controle motor voluntário, comecem a adentrar, de forma sólida, em um processo de maturação e, com isso, os praticantes apresentam, no nível da coluna vertebral, fibras da região aferente da medula em estado avançado de mielinização. Todo esse processo ocorre graças à estimulação e à amplificação de neurônios sadios próximos das áreas lesionadas realizadas pelo processo de recrutamento neuronal (Zigmond et al., 1999; Lent, 2010; Walter, 2002).

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Trilhando caminhos assim...vivenciei a equoterapia e isso mudou minha vida e o meu modo de ser. Essas pessoas são mestres que aprendi a admirar em todo o contexto de amor, dedicação, conhecimento, compaixão e gratidão com tudo o que fazem pela vida. Seguindo com o ♥.

Eu e Gabriele Brigitte Walter 

Rancho GG

Especialização Rancho GG- Ibiúna

Eu e Claudia Mota- PAEDA I- Passo a Passo- Itatiba 

PAEDA I-  Tamires, Fernanda e eu

Eu, Claudia e o Meia Lua

Cavalgada e aposentadoria da Colly- Eu e Adriana Ganança

Eu e Andrea Kober- Curso básico de equoterapia- Passo a Passo- Itatiba

Instituto Nina Rosa - Vida de Cavalo





Importante também ter a consciência devida em relação aos cuidados que devemos ter com esses seres majestosos que tanto bem nos fazem.

O mínimo de reconhecimento e de amor com eles é deixá-los ser o que são Cavalos, oferecendo-lhes tratamento veterinário, treinamento com um profissional de treinamento e equitação, deixá-lo em atividades com bando e vida livre para pastagens, entre outros cuidados que vão permitir uma relação saudável com ele dentro do trabalho desenvolvido por ele com o homem e para o homem.

Assista este vídeo e compartilhe e se for testemunha de maus tratos: DENUNCIE.

Instituto Passo a Passo - Vídeo Institucional 2014





Este instituto é um local de tratamento e formação profissional dentro da equoterapia.

Aprendi muito sobre a relação ensino-aprendizagem na abordagem da psicologia, fonoaudiologia, pedagógica e equoterapêutica, que envolve relacionamento com o cavalo, estratégias de manejo, encilhamento, banho, escovação, alimentação, condução em solo, circuítos, atividades com cavalos livres, entre outras possibilidades de usar a criatividade para tratamento das indicações para a Equoterapia. Vale muito a pena assistir para conhecer mais um local que veste a camisa e levanta a bandeira do que faz com dedicação e muito amor.

Concluindo sobre o movimento tridimensional

De acordo com o capítulo 3: Plasticidade Neuronal e Equoterapia: Relato de Embasamento Teórico-experimental, por Gabriele Brigitti Walter, na página 34; ..." O estudo das emoções suscitadas durante uma sessão de equoterapia ou de equitação...permite, portanto, trabalhar de forma a desencadear ações sensoriais ou motoras específicas, direcionando a plasticidade neuronal..." Organizar esses conhecimentos em reflexos condicionados, ações automáticas, conhecimento e reconhecimento da ação pela reação, tanto no homem como no cavalo, fornece as informações necessárias para o trabalho de direcionamento da neuroplastia."
No capítulo 1, página 10, a autora fala que durante o deslocamento, o cavalo produz, em seu dorso, movimentos no sentido vertical (para cima e para baixo), horizontal (para frente e para trás) e lateral ( para direita e para esquerda), que são transmitidos para o praticante. A cada passo, o centro de gravidade é deslocado de sua linha média, provocando um desequilíbrio que por, conseguinte, força e reequilíbrio, proporcionando a restauração do centro de gravidade na base de sustentação. Dessa forma, o sistema vestibular é permanentemente solicitado, o que estimula de modo contínuo suas conexões entre canais semicirculares, em que as células ciliares e otólitos captam as oscilações da endorfina provocadas pelos movimentos da cabeça, com o cerebelo, tálamo, o córtex, a medula espinal e os nervos periféricos no sentido ascendente e descendente (Ladislau et al., 2000). Ou seja, ao se deslocar a passo, o cavalo torna rítmico o ajuste tônico (movimento automático de adaptação) do cavaleiro, exigindo que  este adapte seu equilíbrio a cada movimento (Lermontov,2004).
Podemos concluir que o trabalho do movimento tridimensional aciona sistemas funcionais que reagem aos estímulos de ação e reação voluntários e involuntários, no contexto físico-motor, emocional que vão refletir na habilitação e reabilitação, educação e reeducação, de padrões comprometidos no indivíduo em sua totalidade biopsicossocial.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Terapia Animal

Estamos nesta matéria com outra instituição falando da Terapia Assistida por Animais
e claro que a Equoterapia não podia faltar.♥
Olha eu lá dando entrevista...alavancar essa causa é uma missão de vida.
Conheça os benefícios da terapia com animais
Cachorros, uma tartaruga, um coelho e cavalos ajudam pessoas a superar suas dificuldades
Confiram o link é apaixonante.
http://glo.bo/1pizH4n

Equoterapia de Mirassol- Faperp e Secretária de Educação


Equoterapia de Mirassol- Faperp e Secretária de Educação
Terapia com animais (Foto: Reprodução/TV TEM)
APAE/ São José do Rio Preto-SP




quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Sobre a inclusão na Equoterapia

A Equoterapia é um lugar onde posso vivenciar a inclusão e trabalhar a parte da inteligência emocional para refletirmos alguns males do século como bullying, timidez, individualização, preconceito, desigualdade social, egoísmo, estresse, depressão, entre outros que são específicos de cada caso e aparecem.
Mas hoje por exemplo eu vi e vivenciei crianças do ensino regular e da Apae desenvolvendo juntas o mesmo trabalho com o cavalo. E foi realmente gratificante ver que tudo o que foi acima citado não vem embutido na criança. Elas interagiram fazendo as mesmas coisas, participando ativamente como iguais e as suas diferenças e as diferenças da equipe existiam sim e tudo mais...mas o respeito e a soma dessas diferenças deixaram muito rico o trabalho de estímulo para o aprendizado não só escolar, mas da vida.
Eu sempre vou  dizer aquela velha frase..."No olhar de uma criança eu encontro a esperança" ....tempo de faculdade.
Vale a pena investir no amanhã. Vamos cuidar do hoje. Com amor, carinho e dedicação.♥
Amo as coisas simples da vida.
Luzanin♥

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

A equoterapia e a neurociência

São muitas as formas de trabalhar com a equoterapia partindo da sua definição. Como em todas as outras áreas temos os autores atuantes que defendem sua ideia de acordo com a sua ideologia, mas sempre dentro do embasamento teórico conceitual científico.
Definição:  “A Equoterapia é um método terapêutico, holístico, que utiliza os recursos fornecidos pelo cavalo, dentro de uma abordagem interdisciplinar, montado ou não, buscando um desenvolvimento biopsicossocial do indivíduo. Habilita, reabilita, previne e educa o praticante de forma global” – Dra. Gabriele Brigitte Walter

Gabriele Brigitte Walter defende a prática da equoterapia por estratégias interacionais direto com o cavalo e seu ambiente, sem necessidade de ser introduzido materiais clínicos e ou pedagógicos que podem ser utilizados fora desse ambiente. Ela nos passa em seu livro a questão da plasticidade neuronal relacionando o processo sensoriais que liberam substâncias no organismo como uma forma de sistema de recompensa cerebral. Os neurotransmissores e essas sensações são relacionados ao hipocampo, áreas associativas do córtex, na organização funcional do sistema nervoso e sistema nervoso central, hipotálamo-hipofisário-adrenal entre outros processos das funções vitais das diversas áreas cerebrais. Ela argumenta ainda em conclusão no seu livro Fundamentos científicos na Equoterapia, na página 104, que a equoterapia é estímulo para a liberação de diversos hormônios que produzem benefícios físicos e psíquicos. Faço o uso diário dessa ferramenta para complementar meu desenvolvimento intelectual e prático.
Recomendo a leitura e estudo dessa bibliográfica que nos norteia dentro da ciência em sua teoria e prática.
Gabriele Brigitte Walter
Fisioterapeuta pela Universidade de São Paulo (USP), Psicóloga pelo Instituto Sapiens, Presidente da Fundação Rancho GG- Centro de treinamento, pesquisa e ensino de equoterapia, classificadora do esporte paraequestre pela federação equestre internacional (FEI).
Livro:  WALTER,G.B. Equoterapia Fundamentos Científicos. 1ª edição.São Paulo: Atheneu, 2013.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

O que é Equoterapia e um pouco sobre essa terapêutica


Definição: A equoterapia é um método terapêutico que utiliza os recursos fornecidos pelo cavalo, em uma abordagem que envolve as áreas de Saúde e Educação e busca o desenvolvimento biopsicossocial do indivíduo. (Walter, 2013:7).http://www.ranchogg.org/

Significado de Biopsicossocial: Referente a fatores biológicos, psicológicos e sociais
http://www.dicionarioinformal.com.br/significado/biopsicossocial/8593/
Espiríto
O espirito pode ser associado ao estado bioquímico atual do Ser, assim integrando o à trilogia do Ser biopsicossocial.
Essa associação se dá quando assume-se que o espirito é um estado do Ser, que por sua vez é um composto bioquímico de sociedade celular, com uma individualidade caracterizada por sua mente e psique, e que se manifesta socialmente.
A alteração desse estado bioquímico provoca mudanças perceptíveis no Ser, através da linguagem corporal, do cheiro que o sujeito exala, da expressão do rosto e do corpo, da projeção e entonação da voz, da percepção que o sujeito apresenta sob o ambiente, das faculdades mentais, e do próprio estado de espirito, o que o faz retornar ao ciclo e da a durabilidade ao estado. Essa alteração de estado pode ser despertada através de traumas bioquímicos, ou da psique que altera o composto bioquímico e consequentemente altera o estado.
É importante notar que esse ciclo pode ser interrompido pelo próprio Ser, seja através de controle físico, químico ou mental, seja pela psique, seja através de técnicas de meditação, seja por outro estado de espirito despertado.
Guilherme Rizzo Fiuza

Em 1970, sua normatização foi completada, na Europa (pelo Deustches Kuratorium Für Therapeutisches Reinten, DKThR da Alemanha), onde é aplicada até a presente data, junto a North American Riding for the Handicapped Association (NARHA, dos Estados Unidos são reconhecidos como associações de referência internacional. De acordo com a (Ande Brasil,2010), existem cerca de 320 centros de equoterapia espalhados por todo território brasileiro, com objetivo de dar oportunidades para que as pessoas, tenham cada vez mais, uma melhor qualidade de vida.
(walter,2010:7). O termo equoterapia foi adotado (pela Ande Brasil, Associação Nacional de Equoterapia, http://www.equoterapia.org.br/site/ ).
Ela é recomendada na reabilitação, nos âmbitos físico, mental, vocacional e de dependência química, em trabalhos pedagógicos, psicopedagógicos, etc. estando relacionada  a tudo que promove melhora da qualidade de vida do homem.
A atuação da equoterapia estende-se pelos níveis terapêutico, educacional e social, atendendo a população com necessidades especiais, crianças carentes, jovens dependentes químicos, o adulto socialmente desajustado. Tem aplicações em afecções recorrentes em diversos períodos da vida humana, como tensão pré menstrual, menopausa e insônia. (Walter,2010:8).